dica de leitura
Sugestão de Leitura
31 de maio de 2018
por: Lucas Xavier
Arthur Timm

Preposições: o que são e como utilizá-las?

portugues-1

O uso das preposições está relacionado à nossa competência linguística. Conhecê-las e utilizá-las corretamente é um papel crucial na construção de nossos discursos cotidianos.  Mas o que são preposições e como utilizá-las da forma correta?

O que são preposições?

Preposição é toda palavra invariável que liga duas outras palavras, estabelecendo entre elas uma relação de sentido e de dependência.  Veja os seguintes exemplos para ficar mais claro o que são preposições:

Exemplo: Casa de Luís (relação de posse). Chegou com ela (relação de companhia).

Observe que o termo que antecede a preposição é denominado regente e o termo que sucede é denominado regido.

Classificação das preposições

Agora que você já sabe o que são preposições, conheça as duas classificações delas:

As preposições podem ser classificadas em essenciais e acidentais. As preposições essenciais são aquelas palavras que só funcionam como preposições: a, ante, após até, com, contra, de, desde, em, entre, para, per, perante, por, sem, sob, sobre, trás.

As preposições acidentais são aquelas palavras de outras classes gramaticais que em certas frases funcionam como preposição: afora, como, conforme, durante, exceto, mediante, menos, salvo, segundo, visto.

Exemplo: Agiu segundo suas convicções (preposição). Ele foi o segundo aluno a entrar na sala (numeral ordinal).

 

Valores das preposições

Vale lembrar que somente as preposições isoladas de um contexto não apresentam nenhum sentido lógico, mas quando são colocadas na frase podem indicar muitas relações diferentes: lugar, tempo, modo, distância, causa, companhia, instrumento, finalidade.

Exemplos: Em breve irei a Nova York (lugar). O metrô estará aqui em uma hora (tempo). Eram aguardados com ansiedade (modo).

Locução prepositiva

Não adianta somente saber o que são preposições se você não sabe usá-las, certo? A locução prepositiva é quando a relação entre duas ou mais palavras é estabelecida por uma expressão e não por uma única palavra.

Exemplos: abaixo de, atrás de, acima de, por causa de, ao lado de, defronte a, de acordo com, até a, perto de.

Combinação, contração e crase

Combinação é quando a preposição pode aparecer em junção com outra palavra sem perda do elemento fonético. Exemplos: ao (a + o), aonde (a+onde), etc.

Contração é quando a preposição em junção com outra palavra sofre a perda fonética.

Exemplos: do (de+o), desta (de+esta), entre outros exemplos.

Toda a fusão de vogais idênticas forma a crase.

 Exemplos: à (crase da preposição a + o artigo a). Àquilo (crase da preposição a + a primeira vogal do pronome aquilo).

Você não deve fazer a contração da preposição de com o artigo que encabeça o sujeito de um verbo.

Exemplos: Está na hora de a onça beber água. Chegou a hora de ele sair. Essa formas estão erradas.

Aplicações das preposições

Saber o que são preposições e usá-las corretamente, exige muito esforço. O verbo chegar, por exemplo, a preposição correta para fazer a regência é o “a”.  Veja os seguintes exemplos:

Cheguei a Londres

Cheguei ao Canadá

Cheguei a Moscou

A pessoas tem o costume de dizer que chegamos “em” algum lugar. Essa dúvida ocorre porque elas confundem o ato de “chegar” com o de “estar”.

O verbo chegar significa concluir um determinado percurso. Por isso, usamos a preposição “a”, que dá a ideia de proximidade. Já o verbo estar significa encontrar-se em um lugar.  Por isso, usamos a preposição “em”.

Observe o verbo “gostar”. Para completar o sentido desse verbo, você precisa usar a preposição “de”. Dessa forma, a frase “eu gosto de você” faz todo o sentido. Cada verbo possui alternativas para a utilização, ou não, de uma preposição para completar o sentido.

Qual das frases a seguir está correta: “estar ao telefone” ou “estar no telefone”? Se você acha que é a primeira, acertou em cheio. A ideia que se deve passar é que você está próximo, ao lado e não dentro. Com isso, vamos usar a preposição “a”, que indica proximidade.

Você diz: “estou no banheiro”, pois você está dentro do banheiro. Mas diz: “estou ao telefone”, pois está próximo dele.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social:

comunicacao.assessor@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Como fazer intercâmbio – 5 dicas essenciais
Intercâmbio

Como fazer intercâmbio – 5 dicas essenciais


25 de abril de 2018
Por que a Guerra Fria tem este nome?
Ensino Médio

Por que a Guerra Fria tem este nome?


29 de maio de 2018
Novo curso de Medicina UNIFEBE
Novidades

Novo curso de Medicina UNIFEBE


02 de outubro de 2018
  • Visualizar por ano
  • Visualizar por categoria
Skip to content