proesde header

PROESDE

O PROESDE faz parte do Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina – UNIEDU e consiste em um conjunto de atividades de ensino, pesquisa e extensão voltadas à formação do estudante/bolsista enquanto cidadão e profissional capaz de intervir e contribuir em seu contexto regional, mediante a articulação entre sua formação acadêmica e o desenvolvimento educacional e socioeconômico de sua região. Tais atividades são desenvolvidas por meio de Projetos de Intervenção, abrangendo todas as regionais de educação.

  • Pré-requisitos para participar

    Podem participar estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação e em cursos de licenciatura definidos pela UNIFEBE, Regional de Educação e entidade estudantil, que atendam os seguintes critérios:

    - ter cadastro no UNIEDU;
    - prioritariamente ter cursado de forma integral o Ensino Médio em escola pública;
    - ser classificado conforme Índice de Carência -IC do Programa UNIEDU;
    - não ser concluinte no primeiro semestre do ano de realização do Programa;
    - para o PROESDE Licenciatura - estar atuando, prioritariamente, em escola pública;
    - ser residente há, no mínimo, 2 (dois) anos no Estado de Santa Catarina; e
    - não ser beneficiado por nenhum outro tipo de bolsa UNIEDU.

  • Como se inscrever

    O acadêmico candidato deverá efetuar cadastro no site do UNIEDU para enviar a documentação comprobatória no formato digital.

  • Exclusão do Programa

    Os acadêmicos contemplados com a Bolsa do PROESDE poderão ser excluídos do programa nas seguintes hipóteses:
    I: Deixar de efetuar matrícula no curso de Graduação;
    II: Não alcançar a frequência mínima estabelecida pela IES no curso de Graduação;
    III: Não comprovar participação no projeto de intervenção;
    IV: Transferir-se para outra IES ou para outro curso;
    V: Deixar de cumprir as regras do UNIEDU.

  • Informações importantes

    Os bolsistas do PROESDE terão garantida a gratuidade do valor da mensalidade do curso de Graduação, no limite de até 2 (dois) salários mínimos vigente em dezembro do ano anterior, durante o período de um ano, desde que comprovem participação no projeto de intervenção proposto pela IES.