dica de leitura
Sugestão de Leitura
29 de junho de 2018
por: Joelson Schmitt
Arthur Timm

Ligações químicas: O que são e quais seus tipos?

sdhigijs

Uma das matérias que os estudantes mais tem resistência em aprender é a Química. Seja por causa das suas complexas fórmulas que se assemelham muito à matemática, seja por causa do conteúdo em si, o fato é que essa disciplina anda tirando o sono de muita gente. As ligações químicas, por exemplo, sempre é assunto de vestibular e a maioria dos alunos acaba se enganando e perdendo preciosos pontos. Neste artigo, vamos te mostrar o que são e quais os tipos de ligações químicas que existem para você nunca mais errar nas provas.

O que são as ligações químicas?

As ligações químicas correspondem à união dos átomos para a formação das moléculas. Em outras palavras, as ligações químicas são conjunções estabelecidas entre átomos para formarem moléculas de ligações iônicas ou metálicas. Elas são organizadas de forma a constituírem a estrutura básica de uma substância ou composto.

Na natureza existem por volta de uma centena de elementos químicos. Os átomos destes elementos, ao se unirem, formam a grande diversidade de substâncias. As ligações químicas podem ocorrer através da doação e recepção de elétrons entre os átomos, que se transformam em íons que mantém-se unidos via a denominada ligação iônicaCompostos iônicos conduzem eletricidade no estado líquido e eles normalmente apresentam um alto ponto de fusão e ebulição.

Ligação Iônica

Também conhecida por ligação eletrovalente, esse tipo de ligação é realizada entre íons, que são os cátions e ânions. O nome ligação iônica provém dessa ligação. Os Íons são átomos que possuem uma carga elétrica por adição ou perda de um ou mais elétrons. Portanto, um ânion de carga elétrica negativa que se une a um cátion de carga positiva forma um composto iônico por meio da interação eletrostática existente entre eles. Essa é uma das ligações químicas mais conhecidas pelos alunos.

Exemplo: Na+​Cl = NaCl (cloreto de sódio ou sal de cozinha)

Ligação Covalente

Também conhecida por ligação molecular, as ligações covalentes são ligações em que ocorre o compartilhamento de elétrons para a formação de moléculas estáveis, diferentemente das ligações iônicas em que há perda ou ganho de elétrons. Além disso, os pares eletrônicos é o nome dado aos elétrons cedido por cada um dos núcleos, figurando o compartilhamento dos elétrons das ligações covalentes.

Por exemplo, observe a molécula da água H2O, que é formada por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio em que cada traço corresponde a um par de elétrons compartilhado formando um molécula neutra, uma vez que não há perda nem ganho de elétrons nesse tipo de ligação. Está vendo com as ligações químicas não são tão difíceis assim?

Ligação coordenada

A ligação coordenada ocorre quando um dos átomos apresenta seu octeto completo, ou seja, oito elétrons na última camada e o outro, para completar sua estabilidade eletrônica necessita adquirir mais dois elétrons. Essa ligação é representada por uma seta um exemplo desse tipo de ligação é o composto dióxido de enxofre SO2: O = S → O.

Isso ocorre porque é estabelecida uma dupla ligação do enxofre com um dos oxigênios a fim de atingir sua estabilidade eletrônica e, além disso, o enxofre doa um par de seus elétrons para o outro oxigênio para que ele fique com oito elétrons na sua camada de valência.

Ligação Metálica

É uma das ligações químicas mais conhecidas. Essa ligação ocorre entre os metais considerados eletropositivos e bons condutores de calor e de eletricidade. Mas alguns metais perdem elétrons da sua última camada, chamados de elétrons livres, formando assim, os cátions.

A partir disso, os elétrons liberados na ligação metálica formam uma espécie de nuvem eletrônica, também chamada de mar de elétrons que produz uma força fazendo com que os átomos do metal permaneçam unidos.

Exemplos de metais: Ouro (Au), Cobre (Cu), Prata(Ag), Ferro (Fe), Níquel (Ni), Alumínio (Al), Chumbo (Pb), Zinco (Zn), entre outros.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social e Marketing:

comunicacao.gestao@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Por que a Guerra Fria tem este nome?
Ensino Médio

Por que a Guerra Fria tem este nome?


29 de maio de 2018
Quais são as bolsas de estudo da UNIFEBE?
Estudos

Quais são as bolsas de estudo da UNIFEBE?


28 de junho de 2018
Netflix e estudos: como aproveitar melhor seu tempo
Ensino Médio

Netflix e estudos: como aproveitar melhor seu tempo


09 de outubro de 2018
  • Visualizar por ano
  • Visualizar por categoria