notícias colégio
Notícias
12 de junho de 2023
por: Celio Bruns Junior
Celio Bruns Junior

Acadêmicos de Tecnologia Educacional discutem artigos do ECA em sessões de oratória

Atividades buscaram fornecer técnicas e estratégias de comunicação eficazes aos alunos

Com o objetivo de aprimorar as habilidades de oratória dos participantes, fornecendo técnicas e estratégias de comunicação eficazes para os acadêmicos do curso de Tecnologia Educacional foram realizadas, neste semestre, três sessões de oratória. As atividades, conduzidas pelo professor Fábio Briks, no componente curricular de Currículo e Marcos Legais, buscaram oferecer orientações práticas para melhorar a expressão verbal, a postura corporal, o uso de gestos e a modulação da voz durante as apresentações.
O tema central das atividades foi o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os alunos se dividiram em várias funções. As sessões foram apresentadas por um presidente, cujo papel principal era conduzi-las e garantir que todas as etapas e regras fossem seguidas. O presidente chamou os oradores e seus respectivos críticos a se apresentarem no seu devido tempo. Além das sessões de oratória, houve apresentações culturais em que alunos cantaram ou declamaram alguma poesia. Ao final de uma das atividades, alguns estudantes do curso de Letras-Inglês da UNIFEBE, que acompanharam o processo como convidados, contribuíram com perguntas, sugestões e conhecimento em geral sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente.

“A sessão de oratória pôde incentivar discussões sobre como a tecnologia pode ser usada de maneira ética e responsável na educação de crianças e adolescentes, em conformidade com o ECA e explorar casos práticos e dilemas éticos relacionados à implementação de tecnologias educacionais, levando em consideração os princípios e diretrizes do estatuto”, avalia o professor Fábio.

A acadêmica Diolanda Vargas considera que participar das sessões contribuiu para desenvolver habilidades como falar e se expressar em público. “Tratando-se de um curso de licenciatura, é algo que vem a acrescentar muito em nossa experiência e aprendizado”, afirma.

De acordo com o professor Fernando Merízio, coordenador do curso, as sessões de oratória fazem com que os acadêmicos pesquisem e reflitam sobre temas relevantes, desenvolvendo um olhar crítico e buscando contrapontos para as ideias que são apresentadas, além de estimular o debate, incentivando discussões sobre como a tecnologia pode ser usada de maneira ética e responsável na educação de crianças e adolescentes.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social:

comunicacao.assessor@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Unifebe promove integração entre novos colaboradores

Unifebe promove integração entre novos colaboradores


14 de abril de 2010
Lions da UNIFEBE promove campanha de doação de sangue

Lions da UNIFEBE promove campanha de doação de sangue


13 de abril de 2012
Unifebe sedia evento de capacitação de enfermeiros

Unifebe sedia evento de capacitação de enfermeiros


30 de junho de 2011
Skip to content