notícias colégio
Notícias
23 de maio de 2024
por: Marcelo Gouvêa
Marcelo Gouvêa

Quarta edição da Semana Contra LGBTfobia amplia debate por visibilidade e respeito

Programação diversa movimentou espaços do campus da UNIFEBE e redes sociais do Lacedh

O campus do Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) recebeu a 4ª Semana Contra LGBTfobia, voltada ao público LGBTQIAPN+ e comunidade. A iniciativa foi organizada pelo Laboratório de Cidadania e Educação em Direitos Humanos (Lacedh).

A semana contou com a exposição “Vozes Não Silenciadas”, que ficou em exibição no Bloco A e a ação “Baú da LGBTfobia”, no Bloco C. As programações ainda contaram com eventos transmitidos virtualmente como o episódio “Podcast Vozes LGBT+ Que Deveria Conhecer”, pelo podcast Torre Psi.

 

Segundo o professor Ricardo Vianna Hoffmann, responsável pelo Lacedh, o tema já era trabalhado pela UNIFBE, antes do início da programação. De acordo com o professor, a criação da programação anual também foi influenciada por lei municipal, que estabeleceu a semana de luta contra a LGBTfobia no município de Brusque.

Conforme o ele, mesmo que a conscientização avance de forma mais lenta em comparação com as demandas das minorias afetadas, é necessário o combate à LGBTfobia. O professor destaca o papel da educação e da informação no processo.

“Temos procurado ampliar e levar à comunidade essa temática. A participação, com o passar dos anos, verificamos que tem um sensível aumento e é algo que tem que deve trabalhado, buscando conquistar corações e mentes para que o ser humano, e aqui em específico da população LGBT, seja respeitado e não sofra nenhum tipo de violência” descreve.

 

Para Hoffmann, os esforços por um mundo mais igual e fraterno se somam à sensibilidade e acolhimento proporcionados por programações como a da semana. Ele destaca o engajamento de professores, acadêmicos e profissionais técnico-administrativos da UNIFEBE de eventos.

A análise é semelhante à do professor André Luiz Avelino da Silva. Como parte de, pelo menos, três atividades da programação, ele salienta o papel de se trazer discussões sobre as minorias sociais, como as pessoas LGBTQIAPN+, no combate à intolerância por orientação sexual e identidade de gênero.

“O preconceito e a discriminação são uma realidade que assola essa população. Descortinar o que acontece no cenário brasileiro é urgente para que as pessoas compreendam e vejam o que essas pessoas sofrem, desde violências psicológicas até físicas, muitas vezes, fazendo com que essas pessoas percam suas vidas em razão do preconceito e da discriminação”, indica.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social:

comunicacao.assessor@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Resultado Final do Processo Seletivo para Função de Telefonista

Resultado Final do Processo Seletivo para Função de Telefonista


29 de julho de 2008
Coro da Unifebe se apresenta em São João Batista – 17/07/2008

Coro da Unifebe se apresenta em São João Batista – 17/07/2008


17 de julho de 2008
Egresso de Administração recebe a maior nota do II Seminário de TCCs
Egresso

Egresso de Administração recebe a maior nota do II Seminário de TCCs


04 de abril de 2016
Skip to content