Banner-SOAE-1920x1005px

Bolsa de Estudo do Art. 170 - UNIEDU

Os recursos financeiros do Artigo 170, assegurados pelo governo do Estado de Santa Catarina, são destinados à concessão de bolsas de estudo a acadêmicos economicamente carentes matriculados em cursos de graduação.

O benefício pode variar de 25% a 100% de desconto no valor das mensalidades. Para o acadêmico economicamente carente portador de necessidades especiais ou que tiver comprovada invalidez permanente, o benefício é integral.

Cabe à UNIFEBE planejar e executar o processo seletivo para à bolsa de estudo, seguindo os critérios determinados na Legislação. Segue critérios fixados em edital:

  • Pré-requisitos para participar

    Estar regularmente matriculado em curso de graduação da UNIFEBE;
    Comprovar carência econômica de acordo com o Índice de Carência(IC) calculado pelo Sistema de Cadastro do UNIEDU
    Não ter diploma de curso superior de graduação, salvo os de Licenciatura Curta.
    Comprovar residência mínima de 2 (dois) anos no Estado de Santa Catarina

  • Como se inscrever

    O acadêmico candidato deverá efetuar cadastro no site do UNIEDU para enviar a documentação comprobatória no formato digital.

  • Responsabilidade do Acadêmico

    O acadêmico contemplado a receber a bolsa de estudos deve realizar 20 (vinte) horas semestrais de trabalhos em projetos sociais e de extensão, com visão educativa, assumindo a disponibilidade para atuar nos locais e horários em que são desenvolvidos, localizados na cidade de Brusque e região;

    Assinar, digitalmente, o CAFE (Contrato de Assistência Financeira Estudantil) no sistema informatizado de gestão educacional.
    E até o dia 05 (cinco) de cada mês o RAF (Relatório de Assistência Financeira) comprovando o recebimento do benefício e o cumprimento das normas aplicáveis ao UNIEDU;

  • Informações importantes

    Conforme o decreto nº 1.094, de 11 de janeiro de 2021, do Governo do Estado de Santa Catarina, o valor do benefício concedido ao aluno, sobre o valor da mensalidade por ele devida, observado o Índice de Carência, será definido pela IES, dentre seus alunos inscritos no UNIEDU, garantida a oferta de percentual maior para alunos com índice de carência menor.