notícias colégio
Notícias
18 de julho de 2022
por: Olga Luisa dos Santos
Olga Luisa dos Santos

Acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil da UNIFEBE revitalizam espaços de convivência da APAE Brusque

Horta, casa de ferramentas e bancos foram feitos pelos próprios estudantes

Os acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil do Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) utilizaram seus conhecimentos e habilidades para realizar uma série de melhorias nos espaços de convivência da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque. Orientados pelos professores da graduação, por meio do EXECUTA, projeto que prevê a execução prática de obras, os estudantes fizeram hortas hidropônicas para o plantio de hortaliças, uma casa de ferramentas, providenciaram a cobertura da horta e construíram bancos de concreto e vasos para o plantio de ervas medicinais, que foram pintados imitando madeira.

Executa

O colocar a mão na massa é o perfil do EXECUTA. O projeto criado pelo curso de Arquitetura e Urbanismo instiga os estudantes a transformarem ideias em realidade. “No EXECUTA os acadêmicos experimentam um dos sentimentos mais gratificantes de um arquiteto: ver a conclusão de algo que foi projetado com muito carinho e amor. Nessa edição do EXECUTA, em especial, eles desenvolveram habilidades sensoriais e perceberam ainda mais a importância de construir algo, pensando em quem vai utilizar aquele espaço. Para isso, cada detalhe foi estudado, projetado e feito com muito cuidado, desde a escolha das ervas medicinais, da altura dos canteiros, das cores e acabamentos”, salienta o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIFEBE, professor Marcelius Oliveira de Aguiar.

Antes de iniciar a execução da obra, os acadêmicos participaram de uma oficina prática para a construção dos bancos em concreto, com o professor de artes da Apae, Vavá Yonomata. A pré-montagem dos utensílios foram feitas na UNIFEBE, com o apoio dos professores Marcelius, Anderson Buss e da professora Vivian Siffert Wildner, e finalizados diretamente na Apae. Durante todas as etapas, a instituição contou com o suporte e orientação dos profissionais da Apae, que apresentaram as reais necessidades da entidade.

 

Desde o início do EXECUTA a acadêmica de Arquitetura e Urbanismo, Giovanna Nunes Oberg, percebeu que ser uma futura arquiteta é ir além do projetar. “Uma coisa é fazer um projeto no software, pensar nos materiais, nas quantidades, mas a realidade de uma obra, muitas vezes, é bem diferente. Com certeza esse intercâmbio de conhecimentos entre o nosso curso e Engenharia Civil agregou e muito para chegarmos ao resultado final. Saber que participei de um projeto como este e que, com o meu trabalho, de certa forma mudei a realidade daquelas pessoas, é indescritível”, complementa Giovanna.

A interação profissional entre as áreas é algo que fará parte do futuro desses acadêmicos. “Junto com os professores trocamos experiências de vida e profissionais, o que possibilitou que cada um contribuísse com suas habilidades e seus conhecimentos. Em atividades como o EXCECUTA percebemos que é muito importante planejar, mas que muitas vezes o projeto sofrerá alterações e devemos estar preparados para uma resposta rápida e segura. Apesar dos desafios, foi gratificante deixar nossa marca na Apae”, destaca o acadêmico de Engenharia Civil, Marco Antonio Bernardi Dall Antonia.

A Apae

A parceria entre a UNIFEBE e a Apae iniciou em 2021, quando os estudantes desenvolveram projetos para melhorias na entidade, de acordo com as necessidades apontadas pela Apae. “A experiência do EXECUTA foi enriquecedora para todos. Nós da Apae ganhamos muito mais que a revitalização desses espaços, mas principalmente, o olhar atencioso desses jovens que estiveram aqui e puderam vivenciar o clima da instituição e entender um pouco mais sobre as pessoas com deficiência. Isso é algo transformador, motivador. A Apae precisa e gosta de trabalhar a várias mãos, e o EXECUTA foi exatamente assim”, enaltece a diretora administrativa da Apae, Rosecler Ceratti Foletto.

Extensão Universitária

O vivenciar a universidade fora do campus é um dos objetivos da extensão universitária. Ir além das experiências de sala de aula, praticar a futura profissão em prol do desenvolvimento da sociedade. “Os alunos e professores trabalharam no projeto, desenho, lista de materiais e depois na construção, e tiveram que realizar adequações necessárias para atender a necessidade de uma instituição tão importante na nossa cidade. Foi um tanto desafiador, mas muito gratificante. Ao ver todos os serviços executados e concluídos tivemos a certeza de que o propósito da extensão universitária foi cumprido e que, por meio do conhecimento acadêmico, deixamos algo para a sociedade”, conclui a coordenadora de Engenharia Civil da UNIFEBE, professora Vivian.

A pró-reitora de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura da UNIFEBE, professora Edinéia Pereira da Silva, elucida que a Curricularização da Extensão integra a formação acadêmica dos estudantes e promove intervenções que estimulam a construção e o desenvolvimento do aluno como cidadão.

Os projetos, programas, cursos, oficinas, eventos e até prestação de serviços, desenvolvidos na Curricularização da Extensão articulam ensino, pesquisa e extensão de modo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico e tecnológico. “As atividades desenvolvidas são relacionadas à formação universitária do estudante, que desenvolve trabalhos que contribuem com a comunidade e promove um diálogo construtivo e transformador entre a universidade e a sociedade”, ressalta a professora Edinéia.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social:

comunicacao.assessor@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Adoção de crianças do Natal Solidário UNIFEBE encerra na próxima semana
Universidade Comunitária

Adoção de crianças do Natal Solidário UNIFEBE encerra na próxima semana


22 de novembro de 2021
A Fundação Educacional de Brusque-FEBE publica balancetes do primeiro e segundo trimestre de 2008

A Fundação Educacional de Brusque-FEBE publica balancetes do primeiro e segundo trimestre de 2008


22 de outubro de 2008
UNIFEBE premia vencedores do selo e slogan dos 40 Anos

UNIFEBE premia vencedores do selo e slogan dos 40 Anos


06 de setembro de 2012
Skip to content