notícias colégio
Notícias
01 de março de 2024
por: Olga Luisa dos Santos
Olga Luisa dos Santos

Mais de 150 alunos da UNIFEBE integram Ligas Acadêmicas e estudam especialidades da Medicina

Instituição já soma mais de 25 Ligas Acadêmicas

Uma estratégia de ensino bastante comum na área da saúde, as Ligas Acadêmicas, têm ganhado cada vez mais adeptos entre os estudantes do curso de Medicina da UNIFEBE. Hoje mais de 150 acadêmicos participam de 26 ligas, que buscam estudar e praticar áreas específicas da Medicina. Os grupos são criados pelos próprios alunos e professores, e envolvem uma série de atividades extracurriculares.  Os encontros vão além das salas de aula da universidade e inserem os acadêmicos em espaços de atuação profissional das mais variadas especialidades.

“Consideradas projetos de Extensão Universitária, as Ligas têm como propósito incentivar debates e pesquisas, coordenadas por professores especialistas, possibilitando uma troca de conhecimentos entre estudantes de todas as fases do curso. No curso de Medicina elas representam uma importância social, já que contribuem para a melhoria dos serviços de saúde prestados à comunidade”, pontua o pró-reitor de Graduação, professor Sidnei Gripa.

Um dos exemplos de envolvimento com a sociedade são as ações realizadas pelas Ligas Acadêmicas no Sábado Fácil, evento promovido mensalmente pela Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL de Brusque. Na praça Barão de Schneeburg, no Centro, os estudantes conversam com a população sobre os cuidados com a saúde, aferem a pressão arterial e oferecem testes rápidos de glicemia.

Orientador da Liga de Neurologia e Neurocirurgia, o coordenador do curso, doutor Osvaldo Quirino de Souza, lembra que ao se tornar um ligante, o aluno se envolve em projetos de pesquisa, participa de eventos, como simpósios e congressos, e interage com a comunidade em ações sociais. “As Ligas Acadêmicas são uma oportunidade de o estudante experimentar mais a fundo, durante a Graduação, algumas especialidades da área. É ali que ele vai descobrindo o que fará na sua residência médica e desenvolve uma série de habilidades profissionais e pessoais. Nesse sentido que, a coordenação do curso busca incentivá-los e apoiá-los nesse processo tão importante durante a formação”, ressalta o coordenador.

Sob a orientação dos professores, os ligantes têm a possibilidade de acompanhar cirurgias, consultas e de vivenciar a especialidade estudada. Para integrar uma Liga, o acadêmico passa por uma prova de seleção e deve cumprir o cronograma estipulado para estudos.

Conheça as especialidades estudadas pelas Ligas Acadêmicas do curso de Medicina da UNIFEBE:

  • Anatomia;
  • Anestesiologia;
  • Cardiologia;
  • Cirurgia Geral
  • Clínica Médica;
  • Dermatologia;
  • Diagnóstico por Imagem e Radiologia;
  • Endocrinologia e Metabologia;
  • Gastroenterologia;
  • Geriatria e Gerontologia;
  • Ginecologia e Obstetrícia;
  • Mastologia;
  • Medicina Esportiva e Exercício;
  • Medicina Intensiva;
  • Neurologia e Neurocirurgia;
  • Oftalmologia;
  • Oncologia;
  • Ortopedia e Traumatologia;
  • Patologia;
  • Pediatria;
  • Pneumologia;
  • Psiquiatria;
  • Saúde da Família e Comunidade;
  • Semiologia;
  • Urgência e Emergência;
  • Urologia.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social:

comunicacao.assessor@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Liberada a 4ª parcela da Bolsa do Artigo 170 – 2007.1

Liberada a 4ª parcela da Bolsa do Artigo 170 – 2007.1


24 de maio de 2007
Acadêmicos de Direito elegem representantes

Acadêmicos de Direito elegem representantes


01 de novembro de 2011
Professora de Genética Humana visita laboratório Genolab
UNIFEBE

Professora de Genética Humana visita laboratório Genolab


21 de julho de 2014
Skip to content