notícias colégio
Notícias
28 de fevereiro de 2024
por: Marcelo Gouvêa
Marcelo Gouvêa

UNIFEBE recepciona novos médicos residentes no Hospital Azambuja

Momento também marcou a despedida de residentes que estão encerrando seu período no programa

O programa de Residência Médica da UNIFEBE recebeu o acréscimo de três novas médicas residentes em Clínica Médica. Ana Maria dos Santos, Beatriz Schweder e Jéssica Andressa Fernandes de Oliveira foram recepcionadas durante um café organizado no Hospital Azambuja. O momento de confraternização foi realizado com os outros seis residentes participantes, entre médicos que deixam o programa ou avançaram para o segundo ano, assim como representantes da UNIFEBE.

Nos seis anos de atividade da formação, o coordenador do Programa de Residência, professor Antônio de Pádua Santos Lanna, afirma que 14 residentes concluíram sua formação. Ele enfatiza a evolução oferecida e o aprimoramento feito no período. De acordo com Lanna, a organização que é típica das atividades desenvolvidas pela UNIFEBE e o ambiente criado para as atividades são pontos que se destacam desde o início das atividades.

“É muito interessante observarmos o amadurecimento progressivo do nosso programa de residência. Estruturamos de tal forma a assegurar que eles tenham uma carga horária adequada, de acordo com a legislação, além de ofertar os melhores cenários, para que os residentes possam aproveitar e vivenciá-los de forma plena”, afirma.

De acordo com o coordenador, o envolvimento dos residentes também é fundamental para o melhor aproveitamento do período no programa. Para ele, o foco tanto da instituição quanto Hospital estão em desenvolver a excelência técnica e humana entre os participantes.

“Os que gostam e querem aproveitar adequadamente, vão encontrar uma estrutura de saúde que não é só hospitalar, de maneira plena. Todos os serviços são muito abertos para que eles consigam desenvolver suas habilidades”, indica. Lanna também salienta a importância de momentos, como os realizados nesta semana para a troca de experiência entre os participantes. “Os momentos de interação são positivos por permitir que os iniciantes percebam que os egressos estão saindo não só com o alívio de ter concluído mais uma etapa, mas com alegria de ter vivenciado esses dois anos”.

Comprometimento e qualificação

Durante o momento de integração, que contou ainda com a participação da secretária executiva da COREME, Aline Battisti Pereira, preceptores e equipe do Hospital Azambuja, o vice-reitor da UNIFEBE e vice-presidente da Fundação Educacional de Brusque (FEBE), professor Sergio Rubens Fantini, destacou a evolução do programa e o retorno recebido pelas ações desenvolvidas. Ele desejou sucesso aos que estão finalizando o processo de residência médica, além das boas-vindas às novas residentes.

“Em nome da gestão queremos agradecer e parabenizar pelo comprometimento e desejar uma carreira muito promissora, de muito sucesso. Aos que estão iniciando agora, da mesma forma, que sejam dois anos muito produtivos e já sabemos que será bastante intenso”, afirma.

Residentes

Nascida e graduada em Minas Gerais, Jéssica Andressa Fernandes de Oliveira, atua e mora em São João Batista e iniciou sua residência médica no programa oferecido pela UNIFEBE. Segundo ela, além da experiência, ela tem a expectativa de cursar uma especialização em Endocrinologia, mas sem perder do horizonte a carreira acadêmica.

Jéssica classifica a escolha pelo curso e os primeiros contatos com o programa como positivos e destaca a boa avaliação recebida pelo ambiente e residência. “Minhas expectativas, até o momento estão sendo superadas. O Hospital sempre teve uma ótima reputação nas cidades da região e isso me fez querer fazer a residência aqui. Moro na localidade e todos os pacientes sempre falaram muito bem e isso era um ponto que me chamava a atenção. Espero aprender muito nesses dois anos, os professores aparentam ser muito bons e estão aqui para, realmente, ensinar”, relata.

Agora egresso, o médico residente Victor Hugo Boing também avalia como positiva a experiência vivida durante o período no programa. Ele conclui a residência com Ariadne Beatriz Volpato e Thais Adriane Jacob Sales.

Segundo ele, a possibilidade de ampliação do conhecimento prático e a qualidade da equipe responsável pelo acompanhamento são diferenciais e ajudam no período de adaptação. “É uma mudança de realidade muito importante. A primeira semana é uma rotina diferente, mas é uma questão de tempo até se acostumar e perceber que muita coisa que não se sabia fazer há dois meses, vai naturalmente acontecendo”, descreve.

O Programa

O lançamento do Programa de Residência em Clínica Médica da UNIFEBE foi realizado em agosto de 2016, com a posse da Comissão de Residência Médica – COREME, coordenada pelo médico doutor Charles Machado. A primeira turma teve início em março de 2018, no Hospital Azambuja.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social:

comunicacao.assessor@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Reitor realiza palestra sobre a UNIFEBE no Rotary Club de Brusque
UNIFEBE

Reitor realiza palestra sobre a UNIFEBE no Rotary Club de Brusque


24 de outubro de 2014
Design de Moda UNIFEBE desenvolve linha de calçados em parceria com a empresa Lia Line de Nova Trento
Mercado de Trabalho

Design de Moda UNIFEBE desenvolve linha de calçados em parceria com a empresa Lia Line de Nova Trento


17 de junho de 2021
10ª turma do Curso de Medicina da UNIFEBE é recepcionada com Aula Magna e Cerimônia do Jaleco
Medicina

10ª turma do Curso de Medicina da UNIFEBE é recepcionada com Aula Magna e Cerimônia do Jaleco


21 de julho de 2023
Skip to content