dica de leitura
Sugestão de Leitura
29 de maio de 2018
por: Lucas Xavier
Arthur Timm

Por que a Guerra Fria tem este nome?

guerra-fria

Se você presta atenção nas aulas de história, provavelmente já deve ter estudado as várias guerras que aconteceram entre os países. O que muita gente não sabe é porque determinada guerra recebe esse ou aquele nome. Por exemplo, você sabe porque a Guerra Fria recebeu esse nome? Se sua resposta é não, você está lendo o artigo certo. O Colégio Amplo vai te explicar tudo sobre esse importante episódio que foi um marco na história mundial e as consequências dessa guerra para a população mundial até nos dias de hoje.

Guerra fria

A Guerra Fria foi um período histórico de disputas entre os Estados Unidos e União Soviética, que começou no final da Segunda Guerra Mundial, em 1945, e foi até a extinção da União Soviética em 1991. Durante o período da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos e União Soviética foram aliados na luta contra a Alemanha.

Logo após o inimigo ser derrotado, os antigos aliados se transformaram em adversários, dando início a Guerra Fria. Foi um intenso conflito de ordem política, militar, tecnológica, econômica, social e ideológica entre as duas poderosas nações.

Porque recebeu esse nome?

A guerra é chamada de fria porque não houve verdadeiramente uma guerra ou conflitos de fogo direto entre os EUA e a URSS, dada a inviabilidade de uma vitória em uma batalha nuclear. A corrida armamentista pela construção de um grande arsenal de armas nucleares foi um dos maiores objetivos durante a primeira metade da Guerra Fria.

O combate armado era improvável porque tanto os Estados Unidos quanto a União Soviética possuíam arsenal suficiente para dizimar toda a população do planeta. O medo da destruição em massa fez com que a Guerra Fria jamais tivesse algum combate armado.

Ideais da Guerra Fria

A rivalidade entre essas duas superpotências tinha origem na incompatibilidade entre as ideologias defendidas por cada uma, já que possuíam sistemas políticos distintos e organizavam suas economias de modos diferentes.

Os Estados Unidos defendiam o capitalismo, a democracia, princípios como a defesa da propriedade privada e a livre iniciativa; enquanto a URSS defendia o socialismo e princípios como o fim da propriedade privada, a igualdade econômica e um Estado forte capaz de garantir as necessidades básicas de todos os cidadãos.

A explosão da bomba atômica sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki, no Japão em 1945 foi um dos marcos simbólicos do início da Guerra Fria. Outro marco foi a construção do muro de Berlim que acabou por dividir, em outubro de 1949, a Alemanha em dois países: um influenciado pelos países capitalistas e o outro pelo socialismo.

Consequências da Guerra Fria

O mundo presenciou importantes episódios que mudaram o estilo de vida de todas as pessoas, como:

  • Aumento da produção de armamento nuclear;
  • Desenvolvimento de redes de espionagem, seja militar ou política;
  • Desenvolvimento da corrida espacial;
  • Formação de alianças militares – OTAN, representando o capitalismo, e o Pacto de Varsóvia, representando o socialismo;
  • Divisão da Alemanha em Ocidental (capitalista) e Oriental (socialista), através do Muro de Berlim.

Término da Guerra Fria

A Guerra Fria esfriou por completo com a ruína do mundo socialista, uma vez que a URSS estava destruída economicamente devido aos gastos com armamentos e com a queda do Muro de Berlim, em 1989. Mas ela termina definitivamente somente em 1991, quando a União Soviética é extinta, definitivamente.

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social:

comunicacao.assessor@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

Ame o que é seu
Dicas

Ame o que é seu


09 de abril de 2021
Como organizar melhor o tempo para estudar?
Estudos

Como organizar melhor o tempo para estudar?


31 de janeiro de 2018
Pós-graduação UNIFEBE: por que continuar estudando?
Pós-Graduação

Pós-graduação UNIFEBE: por que continuar estudando?


10 de outubro de 2018
  • Visualizar por ano
  • Visualizar por categoria
Skip to content